02/02/11

Colar de Âmbar – para dentes que nascem sem dor

Quem já passou por esta fase de chorinho, febre, gengiva vermelha...sabe como é sofrido.
Eu tive a sorte de usar o colar em meus três filhos, e percebi que, embora o comportamento deles se alterasse durante a saída dos dentes, eles nunca apresentaram uma gengiva inchada e avermelhada com aquele aspecto inflamado. Notei apenas um desconforto ao adormecer, às vezes um cocozinho mais mole, ou um pouco de febre ao baixar o sol. Por isso, resolvi entender melhor essa “pedra milagrosa”.
O âmbar é uma resina fóssil vegetal de mais de 4 mil anos extraída na região do mar báltico.   O âmbar tem propriedades bem especificas. É um “cuidador” da saúde de forma global, absorvendo o excesso de tensão. Normalmente, aconselha-se o uso do colar de âmbar a crianças no período do rompimento da dentição, pois através da forma de seus cristais ele absorve a tensão típica dessa fase.  Além de serem muito bonitos, ajudam a aliviar a irritação e o aspecto inflamado das gengivas.
É comum ouvirmos relatos de crianças que se acalmam imediatamente ao contato da pedra, ou apresentam uma reação forte quando a utilizam pela primeira vez. Certa vez, quando minha filha estava no período de rompimento dos dentes, pensei que ela estava agitada porque o colar já estava “carregado“ demais. Após retirá-lo para “descarregá-lo”, notei que ela estava com febre e que na verdade o colar estava ainda amenizando os efeitos desse período bastante sofrido para a criança e para a mãe.
Os colares são fabricados manualmente e são seguros para serem usados em crianças e mães com bebês. O seu feitio prevê um nó entre cada pedra, para que no caso em que o colar se rompa – o que é muito difícil, mesmo com um uso diários – a integridade do colar é conservada.
O colar deve ser mantido em contato direto e permanente com a pele da criança. É o contato com a pele que favorece o efeito da pedra, não há necessidade que a criança coloque o colar na boca, e tampouco de retirar o colar para o banho ou para o soninho. Às vezes é preciso “descarregá-lo”, fazendo um banho frio com sal grosso e deixando-o secar ao sol.
Existem varias colorações da resina, mas isso não influencia a propriedade da pedra, apenas permitindo uma maior variedade estética. Exemplos de cor são a mel, a cognac e a cherry, a mais escura de todas. Existem modelos misturando diferentes cores.
O Colar de âmbar também pode ser usado para crianças que estão mudando a dentição de leite para a dentição permanente.
No Espaço AOBÄ você pode encontrar vários modelos de colares de âmbar, para crianças, mães e pais. O infantil custa em media 90 reais, e o para adultos sai por 130 reais.

4 comentários:

Inês Baylão disse...

Eu uso e recomendo!!!
Realmente percebemos a diferença na criança com o uso do colar!!!
Alívio para o filho e para a mãe!!!

Anônimo disse...

Como faço para comprar?
eumazika@hotmail.com
Beijos
Mari e Gigi
partodagigi.blogspot.com

ESPAÇO AOBÄ disse...

Olá,
você pode adquirir os colares enviando um email para pedidos@aobabebe.com
Beijos,
Luciana

Anônimo disse...

alyfer os colares canotimos eu adoro e recomendo para as criancas por que eu tanben cou uma